Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Diferença entre orar e rezar – as "vãs repetições"

ASSIM COMO atestam Michaellis,Aurélio e todos os dicionários da língua portuguesa, os termos orar e rezar são sinônimos. Aliás, é importante notar que essa duplicidade de termos que expressam uma mesma realidade é característica de nossa língua pátria. Em inglês, por exemplo, o verbo to praysignifica exatamente o mesmo: orar ou rezar, tanto faz. Em italiano, usa-se a palavra pregare, que poderia ser traduzida como "suplicar" e que tem o mesmo sentido de orar ou rezar em nosso idioma.

No desenvolvimento do português, – esta língua tão complexa, – surgiram muitos termos sinônimos, como: andar e caminhar; experimentar e experienciar; trabalhar e laborar; alimentar e nutrir; orar e rezar, etc, etc... De fato, não há absolutamente nenhuma razão para se diferenciar radicalmente os termos orar e rezar. Na Santa Missa, por exemplo, o sacerdote tanto usa a expressão "oremos" quanto, – na oração dos fiéis ou na homilia, – pode dizer "rezemos". Infelizmente, porém, …

Os Documentos da Igreja

"Paz e bem!
Deixa eu ver se entendi uma coisa. Sobre os documentos da Igreja (vindos do Vaticano), estes são tão verdadeiros quanto as sagradas escrituras? Do contrario até que ponto são verdadeiros? E sobre escritos dos Doutores da Igreja, o que podemos afirmar?
As perguntas são válidas e interessantes. A Igreja Católica crê e ensina que certas compreensões da Sã Doutrina, que ela guarda e proclama, tornaram-se possíveis para nós através de uma gradual revelação dada por Deus através dos tempos. Podemos dizer que, em algum nível, este processo já vem desde os tempos do Antigo Testamento, já que Deus se comunica com o seu povo, é claro, desde antes da vinda do Cristo.

O Senhor Jesus, único Salvador da humanidade, trouxe e anunciou o Evangelho final e definitivo, mas a compreensão da sua Sã Doutrina é baseada na Revelação que se dá progressivamente através da História. Por isso, necessitamos sempre de constante estudo, reflexão, oração e contemplação.

Essa compreensão gradativa da Re…

Breve reflexão sobre a Lei Moral Universal

Na mente lhes imprimirei as minhas Leis, assim como no coração lhas escreverei."
(Jr 31,33)
UMA PREMISSA BÁSICA sustentada pelos cristãos é a de que todo indivíduo humano simplesmente sabe o que é certo e o que é errado, em razão de uma lei moral que sempre existiu, em todas as culturas.

Eu poderia achar que é certo, por exemplo, roubar um homem, – se ele tiver muito dinheiro, mais do que precisa, enquanto eu enfrento dificuldades, mesmo trabalhando muito. – E se você discordar de mim, quem é que tem razão? Se nós não temos  um ponto de referência moral, porque eu deveria considerar aquilo que você pensa, – ou mesmo aquilo que a maioria pensa, – mais certo ou mais justo do que o que eu penso?

O relativismo moral, que parece prevalecer na cultura atual, traz uma questão importante, que já foi matéria de reflexão de muitos dos maiores pensadores da humanidade. Haverá uma Lei Moral Universal?
O fato é que, em maior ou menor grau, conduzimos as nossas vidas (e somos conduzidos no mundo…

Ave Verum : O dogma da Presença Real e o contexto em que São Tomás de Aquino teria composto esta jóia da fé

presença real de Nosso Senhor Jesus Cristo em Corpo, Sangue, Alma e Divindade na Sagrada Eucaristia é afirmada pelas palavras do próprio Jesus Cristo na Última Ceia:
“Este é meu Corpo. Este é o meu Sangue”.
A certeza de fé na presença real de Cristo na Hóstia Santaacompanha a Igreja desde os seus primórdios e só foi contestada mil e quinhentos anos depois, pelo protestantismo - e todas as contestações foram refutadas pela Contrarreforma, em particular pelo Concílio de Trento.

A Igreja, porém, desde séculos antes, já aprofundava o estudo racional da Presença Real, acompanhada de um grande movimento de piedade eucarística. A intensificação da fé cristã na Presença Real se refletiu na instituição da festa de Corpus Christi, em 1264, e no rito da elevação da Hóstia Consagrada durante a Santa Missa.

A fé e a devoção ao Corpo e ao Sangue de Cristo inspiraram na Idade Média vários hinos ao Santíssimo Sacramento, cuja beleza, simplicidade e profundidade os mantêm vivos na liturgia católica até…

Teresa Newman, mística estigmatizada, alimentou-se somente da Eucaristia por 36 anos

A vida de Teresa Newman mudou radicalmente depois da milagrosa cura da paralisia e da cegueira que teve aos 25 anos. Alguns anos depois recebeu os estigmas e iniciou um jejum que durou 36 anos, até a sua morte. Durante todo este tempo, seu único alimento foi a Eucaristia, e por isso a autoridade nazista, durante a guerra, retirou-lhe o subsídio alimentar, mas lhe concedeu um ração dupla de sabão para lavar as roupas, que todas as sextas-feiras se empapavam de sangue, quando em êxtase recebia as marcas da Paixão de Cristo. Consta que Hitler tinha medo de Teresa e ordenou aos seus oficiais: “Não toquem nela!”.

TERESA NEWMAN (Therese Neumann) nasceu em Konnersreuth, norte da Bavaria, Alemanha, aos 8 de abril de 1898, – numa Sexta-Feira da Paixão, – numa família muito pobre e profundamente católica. No seu diário, escreveu que seu maior desejo era ter sido missionária na África. Tragicamente, porém, um acidente que sofreu aos vinte anos impediu-a de realizar o seu sonho. Em 1918, uma fazen…

Sagrada Eucaristia no Código de Direito Canônico

Face à importância da Santíssima Eucaristia na vida da Igreja, transcrevemos aqui os cânones (artigos) mais importantes sobre as normas que regem este augusto Sacramento. Como são poucas as pessoas leigas que têm acesso ao Código de Direito Canônico da Igreja, achamos oportuno mostrar este assunto.

Cân. 897 – Augustíssimo sacramento é a santíssima Eucaristia, na qual se contém, se oferece e se recebe o próprio Cristo Senhor  e pela qual continuamente vive e cresce a Igreja. O Sacrifício eucarístico, memorial da morte e ressurreição do Senhor, em que se perpetua pelos séculos o Sacrifício da cruz, é o ápice e a fonte de todo o culto e da vida cristã, por ele é significada e se realiza a unidade do povo de Deus, e se completa a construção do Corpo de Cristo. Os outros sacramentos e todas as obras de apostolado da Igreja se  relacionam intimamente com a santíssima Eucaristia e a ela se ordenam. Cân. 899 – § 1. A celebração da Eucaristia é ação do próprio Cristo e da Igreja, na qual, pelo m…

O mistério da Eucaristia!

Quanta coisa significa o Pão! Vejamos o que acontece quando o pão chega ao altar e é consagrado pelo sacerdote... Os sacramentos são sinais, "produzem o que eles significam." Daí a importância de entender o que é um sinal do pão dos homens. Em certo sentido,  compreender a Eucaristia prepara melhor o trabalho do agricultor, o moleiro, a dona de casa ou do padeiro que do teólogo, porque aqueles sabem do pão infinitamente mais do que o intelectual que o vê apenas no momento que chega à mesa para comer, talvez até mesmo distraidamente. Quanta coisa significa o pão! Trabalho, espera, alimento, alegria doméstica, a unidade e a solidariedade entre os que comem... O pão é o único entre todos os alimentos, não dá náuseas; você come diariamente e cada vez mais com o seu sabor. Ele vai com todos os alimentos. As pessoas com fome não invejam o caviar dos ricos ou salmão defumado; invejam especialmente o pão fresco. Vamos ver o que acontece quando o pão vem ao altar e é consagrado pelo sace…

Sou trigo de Deus!

“Respondeu-lhes Jesus: É chegada a hora para o Filho do Homem ser glorificado. Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caído na terra, não morrer, fica só; se morrer, produz muito fruto. Quem ama a sua vida, perdê-la-á; mas quem odeia a sua vida neste mundo, conservá-la-á para a vida eterna. Se alguém me quer servir, siga-me; e, onde eu estiver, estará ali também o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará.”

O pão da eucaristia é feito de trigo, mas esse trigo antes de tornar farinha tem sua história. O terreno é preparado para receber sua semente, é ele plantado, vieram sol, chuvas, passaram dias e noites e ele permaneceu ali, calado sem escolha. Quando chega a hora da colheita ele passa por um processo, numa máquina ou manualmente. Depois esse trigo é triturado, moído até virar pó. O que para nós é a Eucaristia? É ela a ação de graças a Deus, é ela a atualização do sacrifício de Cristo. Não teria semelhança entre o processo do trigo com a redenção de Jesus? Nosso D…

Festa da Assunção da Santíssima Virgem

O Senhor abençoou-te com a sua fortaleza, pois que, por teu intermédio, reduziu a nada os nossos inimigos. Abençoada és tu, minha filha, pelo Senhor, o Deus altíssimo, entre todas as mulheres da terra. Bendito seja o Senhor, criador do céu e da terra, que te levou a cortares a cabeça do chefe dos nossos inimigos. De tal maneira ele hoje glorificou o teu nome, que o teu nome não desaparecerá da boca dos homens, para sempre lembrados do poder do Senhor. Ao veres os sofrimentos e a amargura do teu povo, não quiseste poupar a tua vida; antes nos salvaste da ruína, sob o olhar protetor do nosso Deus: Tu és a glória de Jerusalém, a alegria de Israel, a honra do nosso povo.
(Livro de Judite 13, 22-25 e 15, 10, lida a 15 de agosto, no rito tradicional latino-gregoriano, por ocasião da Festa da Assunção da Santíssima Virgem)


Homilia de São João Damasceno (676-749)

Ó Mãe de Deus sempre Virgem, a tua sagrada partida deste mundo é verdadeiramente uma passagem, uma entrada na Morada de Deus. Saind…