Pular para o conteúdo principal

Moringa, uma planta com imensos benefícios


Se ainda não ouviu falar da moringa, vai, neste artigo ficar a conhecer uma planta com bastantes benefícios para a saúde e o bem-estar do corpo.
Moringa (Moringa oleifera) é uma planta de origem tropical ainda pouca conhecida na Europa, embora o seu uso como suplemento dietético comece pouco a pouco a estender-se. Um número cada vez maior de estudos científicos associam a ingestão de moringa em pó com inúmeros benefícios para a saúde, como a melhoria da pressão arterial, da glicose, a redução do colesterol, entre os outros.
A árvore da Moringa Oleifera atinge uma altura de 7-12 metros é, originária das zonas próximo do Himalaia (Índia e Paquistão), e muito popular em países tropicais e subtropicais da África, Ásia (Filipinas, Camboja), América do Sul e Central e no Havaí, onde também é cultivada.

Moringa – um potencial suplemento dietético

A árvore de Moringa vem sendo usada ao longo dos tempos como uma planta medicinal. Sendo por isso conhecida como árvore milagrosa. Todas as partes da planta são aproveitadas: folhas, raízes, sementes, cascas, frutas, flores e vagens. Todas contém propriedades medicinais.

Benefícios nutricionais da Moringa Oleifera

As folhas são extremamente ricos em proteínas, em vitaminas A, B e C e minerais como cálcio, magnésio, potássio, sódio, fósforo, ferro. Para se ter uma ideia melhor, comparando as suas propriedades nutritivas com as de outros alimentos:
  • A mesma quantidade de proteínas que o ovo e o dobro que o leite
  • 4 vezes mais cálcio que o leite,
  • 3 vezes mais potássio que a banana,
  • 4 vezes mais vitamina A que as cenouras,
  • 7 vezes mais vitamina C que a laranja.

Propriedades medicinais da Moringa oleifera



Os benefícios desta árvore vão muito mais além do seu mero uso como alimento, como mais a frente veremos. Apresenta também uma grande quantidade de propriedades curativas:
  • Baixa os níveis de glicose
  • Reduz o colesterol
  • Reduz a pressão arterial elevada
  • Melhora as articulações devido ao seu efeito anti-inflamatório
  • Combate a asma
  • Combate a anemia pelo seu alto teor em ferro
  • Fortalece o sistema imunológico, o que faz aumentar as defesas naturais do corpo
  • Fortalece os músculos e ossos
  • Melhora certas funções mentais, como memória e capacidade de aprendizagem
  • Estimula o crescimento do cabelo
  • Protege o fígado e os rins
  • Proporciona energia
  • Embeleza e regenera a pele

Como consumir a moringa?

Todas as partes da planta são comestíveis: as vagens verdes, as folhas, as flores, as sementes (pretas, arredondadas) e as raízes são muito nutritivos e podem ser utilizados para o consumo devido ao seu elevado teor de proteínas, vitaminas e minerais. Nos países de origem a Moringa Oleifera é consumida como uma verdura qualquer. Além das suas propriedades benéficas, tem também um sabor agradável.

Todas as partes da planta

As diversas partes da planta podem ser consumidas: as folhas verdespodem ser usadas em saladas ou cozidas de várias maneiras para preparar sopas, têm um sabor levemente picante, entre o agrião e o rabanete. As vagens verdes são consumidos cozidas e tem um sabor muito parecido ao feijão verde; as vagens são cozidas em água com um pouco de sal, e depois de abertas retira-se as sementes e come-se, o sabor é parecido ao grão de bico, podendo também ser consumidas torradas; as raízes tem a forma de uma cenoura pequena e o sabor é picante; as flores também são comestíveis e utilizados em saladas.
Das sementes é obtido um tipo de óleo de muito boa qualidade, que não se torna rançoso, ao contrário dos outros, e é rico em ómega 6, 3 e 9, como o azeite. Este óleo é muito apreciado pela industria cosmética que o incorpora em muitos produtos de beleza. A partir das folhas secas é obtido um pó que pode ser usado diariamente na cozinha quando adicionado a pães, bolos, purés… para obter um maior valor nutricional. O pó de Moringa também é muito útil no cuidado dos animais de estimação ou para as pessoas que sofrem de deficiências vitamínicas e minerais.
A raiz e a casca da Moringa concentram muito mais nutrientes do que em outras partes da planta. Os nativos usam-na como um medicamento para prolemas do coração e circulação. No Senegal e na Índia, as raízes são trituradas e misturadas com sal.  A papa resultante é utilizada para o tratamento do reumatismo e dor nas articulações devido ao efeito anti-inflamatório. Além de ser um bom tónico para os nervos, as raízes e a casca estimulam o apetite e digestão. O sumo obtido das raízes pode ser útil para a dor de garganta.
No mercado, existem cápsulas que contêm o pó das folhas, o extrato, que é feito a partir da casca e raízes e mel feito da flores e pó.

Um pouco de história

Os antigos escritores sânscritos reconheciam-na como uma planta medicinal. Antigos escritos hindus que datam do ano 150 AC, fazem referencias à planta Moringa e seus usos. Os primeiros romanos, gregos e egípcios apreciavam a Moringa pelas suas propriedades terapêuticas e também usavam-na para proteger a pele, fazer perfume e para purificar a água para beber. A própria Bíblia, no livro do Êxodo 15:22-27 faz uma referência a esta planta como purificadora da água do Mar Vermelho.
Quer seja como alimento ou remédio caseiro a Moringa vem sendo utilizada há milhares de anos de geração em geração. A Moringa é certamente uma das mais recentes descobertas da ciência moderna.

Postagens mais visitadas deste blog

SANGUE INUNDARÁ O BRASIL" - PROFECIA DE NOSSA SENHORA SOBRE O BRASIL EM 1936

"O
Os 3 grandes castigos! Fez-se inexplicável silêncio sobre as aparições de Nossa Senhora no agreste pernambucano em 1936 e caíram no esquecimento. Mas a Ssma. Virgem anunciara que viriam tempos calamitosos e três grandes castigos para o Brasil. No primeiro artigo, reproduzido abaixo, seu autor comenta essas previsões sobre o prisma da crise da Igreja e a ameaça comunista ao Brasil. O segundo texto, do grande lutador Pe. Júlio Maria, apresenta uma pormenorizada narração dessas aparições de 1936 em que Nossa Senhora anunciou que o sangue inundará o Brasil.
A VIRGEM SANTÍSSIMA AFIRMA QUE O BRASIL PASSARÁ POR UMA SANGRENTA REVOLUÇÃO PROMOVIDA PELO COMUNISMO! FRANCISCO ALMEIDA ARAÚJO *
Todos quantos me conhecem através de meus escritos, palestras, cursos e programas de Rádio e Televisão promovidos em todas as regiões do nosso querido Brasil, sabem da minha relutância em divulgar revelações particulares ainda não reconhecidas pelo Magistério da Igreja. No entanto, de todas as “revelações pa…

Reflexão sobre o Evangelho segundo S. Lucas, cap. 14, vs. 25 a 33

Leitura do Evangelho do 23º Domingo do Tempo Comum



No capítulo 14 do Evangelho segundo S. Lucas, vemos Jesus que quer preparar a todos os seus seguidores para o seu Sacrifício na Cruz, bem como para as consequências que implicam da decisão de segui-lo. O Senhor, com imensa decisão, resolve partir para Jerusalém, mesmo sabendo que caminha para a sua própria morte.
No versículo 25, Jesus vê que não está sozinho: grandes multidões o acompanhavam. O texto original em grego enfatiza que aquelas pessoas “caminhavam junto” com Ele. Aquelas pessoas vão com o Senhor, e Ele quer alertá-las, torná-las conscientes de para onde estão indo e em que implicará a decisão de acompanhá-lo. Parando no meio da jornada, Ele se volta para essas pessoas e lhes diz algo como: “Vocês querem ir comigo, mas vocês sabem qual é a realidade de ser meu discípulo?”.
Aquilo que devemos dar a Deus Pai, conforme descreve o capítulo 6 do Livro do Deuteronômio, ficamos sabendo que devemos dar também a Deus Filho: “Amarás o…