Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

Padre é degolado por islâmicos dentro de igreja na França

UM SACERDOTE DE 84 ANOS de idade, chamado Jacques Hamel (foto), morreu mártir, degolado por islâmicos nesta terça-feira (26/7) na igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray, noroeste da França. A ação, que foi reivindicada pelo grupo Estado Islâmico, acontece menos de duas semanas depois do atentado em Nice, que deixou 84 mortos e mais de 300 feridos.


Das cinco pessoas que estavam na igreja no momento do atentado, praticado por dois homens armados, três reféns foram libertados ilesos e um quarto em estado grave, entre a vida e a morte. Segundo Pierre Henry Brandet, porta-voz do ministério do Interior, a Brigada de Busca e Intervenção (BRI), especializada em sequestros, cercou o local e os dois criminosos terminaram mortos.


Os criminosos “disseram pertencer ao Daesh”, acrônimo em árabe do grupo Estado Islâmico (EI), informou o presidente francês, François Hollande. Segundo comunicado da agência Amaq, órgão de propaganda dos extremistas, o ataque foi executado por “dois de seus soldados” e “os au…

Padre Antônio

Numa cidadezinha perdida e esquecida, lá nos confins deste tão imenso Brasil, existe uma igreja quase sem existir. Em torno, mil ou duas mil almas mais ou menos desalmadas; dentro, um velho vigário a fazer contas intermináveis, e um padre coadjutor, na sacristia, a olhar o morro, a linha férrea lá longe, o rio, talvez o céu.


Já traz cinzas na cabeça e uma curvatura nas costas, mas naquele momento o que mais lhe pesa é a solidão que cerca a velhice que se aproxima. Está ali. Não é nada. Não sente forças para fazer nada pela vila indiferente que quer viver sua vida rotineiramente encaminhada para a morte. Sente-se inútil a mais não poder. Quer que ele celebre a única missa da féria, e com uma só porta apenas entreaberta. Precaução aliás inútil porque ninguém mais aparece nas missas dos dias da semana. O povo não gostou quando o vigário tirou os santos que há mais de cem anos povoavam a velha igrejinha. Diminuiu a assistência à missa, diminuíram as confissões. A conversa com o vigário, na…

Entrada de remédios, abertura de fronteira e prisioneiros políticos: prioridades dos Bispos na Venezuela

É DE CONHECIMENTO PÚBLICO que a Venezuela sofre com a tirania do seu governo comunista e, como sempre ocorreu na História mundial, quem sofre mais é o povo. A escassez das matérias básicas para a sobrevivência – alimento, papel higiênico, demais produtos de higiene e condições de vida dignas – oprime a população que sofre sob a sola da bota socialista.


Em resposta a isso, os Arcebispos e Bispos da Venezuela, reunidos na Assembleia Ordinária n.106, querem compartilhar com o povo venezuelano suas angústias, e desejam comunicar "a esperança de que, reconciliados e através do diálogo, encontraremos soluções eficazes para esta crise": assim tem início a Exortação final publicada na semana passada pela Conferência Episcopal Venezuelana (CEV), com a data de 12 de julho de 2016 e intitulada "El Señor ama al que busca la justicia" (Prov. 15, 9).


“A violência e a insegurança estão em todo lugar”, constatam os bispos, citando a agressão aos seminaristas, ocorridas no primeiro d…

Considerações amorosas (de um leigo) sobre o Sacerdócio Ordenado Católico

Fotografia rara, recentemente divulgada na web, de São João
Maria Batista Vianney, o Cura d'Ars, padroeiro dos padres


Por Felipe Marques – Assoc. São Próspero e Movimento Somar para Vencer


“É O SACERDOTE QUEM continua a obra da redenção na Terra", afirmava São João Maria Vianney. Quão grande deve ser o nosso maravilhamento diante de tão profundo mistério! De fato, acrescentava o Santo Cura d'Ars: "(...) Se bem se compreendesse o que o sacerdote é na terra, morrer-se-ia, não de medo, mas de amor. (...) O sacerdócio é o amor do Coração de Jesus”[1].


O Sacerdócio ordenado católico é de um valor inestimável para nós, fiéis, pois “o Sacerdote, seja quem for”, como afirma São Josemaria Escrivá, “é sempre outro Cristo”[2].


Ora, não busco aqui escrever um texto apologético em defesa do sacerdócio católico contra as heresias e contra o paganismo; pretendo, antes, partilhar com o leitor o amor que tenho por tão grande e honroso ministério. Não busco também tecer críticas contra aq…

A ação silenciosa do coração.

“É absolutamente apropriado que, durante o ato penitencial, o canto do Glória, as orações e Oração Eucarística, todos – o sacerdote e os fiéis –  voltem-se juntos à direção “ad orientem”, expressando a sua vontade de participar da obra de adoração e redenção realizada por Cristo”. Por Cardeal Robert Sarah – L’Osservatore Romano, 12 de junho de 2015 | Tradução: Vitor Picanço– Cinquenta anos após a sua promulgação pelo Papa Paulo VI, a Constituição sobre a Sagrada Liturgia do Concílio Vaticano II será lida? “Sacrosanctum Concilium” não é, de fato, um simples “livro de receitas” da reforma, mas uma verdadeira “Carta Magna” de toda a ação litúrgica. Cardeal Sarah Com ela, o concílio ecumênico nos dá uma lição magisterial. Na verdade, longe de estar contente com uma abordagem multidisciplinar e exterior, o concílio quer fazer-nos refletir sobre o que a liturgia é em sua essência. A prática da Igreja sempre vem do que Ela recebe e contempla no Apocalipse. O cuidado pastoral não pode ser desl…

A crise da paternidade: No lar & na igreja

Da mesma maneira que minha esposa e as crianças sabem que eles precisam mais e melhor de mim do que estão recebendo atualmente, a frustração que muitos católicos estão sentindo nos dias de hoje é o fruto da mesma crise da masculinidade — e da paternidade em particular — e como isso afeta o sacerdócio Steve Skojec — OnePeterFive | Tradução Sensus fidei: Quando se trata de paternidade, eu me sinto um pouco confuso. Apesar de todas as oportunidades que sete filhos proporcionam, eu percebi que não sou muito bom nisso. Apesar dos sentimentos de afeto paternal que tenho para com meus filhos incríveis, eu me esforço imensamente em minhas tentativas de entender, em um nível prático, o que eles realmente precisam de mim. Eu olho para os meus quatro garotos, e eu sei que eles precisam de alguém para ensiná-los a ser um homem, mas muitas vezes me pego com a sensação de que eu não posso dar o que não tenho. Passei a maior parte da minha vida adulta tentando descobrir como ser um homem, e meu progr…

O Prefeito da Liturgia do Vaticano pede que todos os sacerdotes e bispos celebrem a Missa 'ad orientem' e fiéis comunguem de joelhos

Por John-Henry Westen – LifeSiteNews | Tradução Sensus fidei




“Queridos padres, devemos ouvir novamente o lamento de Deus proclamado pelo profeta Jeremias: “eles voltaram suas costas para mim” (2:27). Voltemo-nos novamente para o Senhor!"


LONDRES, 5 de JULHO de 2016 – Falando em uma conferência sobre a liturgia em Londres (em 4 de julho de 2016), o Cardeal Robert Sarah (foto), a mais alta autoridade sobre o assunto na Igreja Católica sob o Papa Francisco, pediu a todos os bispos e sacerdotes que voltem a adotar a antiga postura na Missa, onde o sacerdote se volta para o Tabernáculo, juntamente com toda a assembleia, em vez de permanecer de frente para o povo. Ele pediu que a postura seja adotada para o Advento deste ano, que começa aos 27 de novembro. Durante o mesmo discurso, Cardeal Sarah encorajou todos os católicospara que recebam a Comunhão de joelhos. Durante a sua conferência, o prefeito da liturgia do Vaticano revelou que o Papa Francisco lhe pediu para “continuar o trabalho…

Porque temos mais livros na Bíblia que os Protestantes?

A formação da Sagrada Escritura foi lenta e muito complicada. A maior parte dos seus livros são obra de muitas mãos e a composição de alguns deles durou séculos. Assim, o Pentateuco, marcado pelo cunho de Moisés, só conheceu a forma definitiva muitos séculos depois da sua morte (séc. V a.C.); a literatura profética, iniciada com Amós e Oseías (séc. VIII a.C.), terminou com Joel e Zacarias (séc. IV a.C.); os livros históricos, embora contendo tradições do séc. XIII a.C., foram escritos aproximadamente entre os séc. V e I a.C.; e a literatura sapiencial, iniciada com Salomão (séc. X a.C.), só a partir do séc. V a.C. recebeu a sua forma definitiva e alguns livros são do limiar do Novo Testamento. Portanto, a ordem dos livros que a Bíblia apresenta não é histórica, mas lógica; e a atribuição do Pentateuco a Moisés, dos Salmos a David, dos livros sapienciais a Salomão e dos 66 capítulos do Livro de Isaías a este profeta não corresponde à realidade, mas é uma simplificação da História. Se qu…

Como Calvino me fez católico

Testemunho de David Anders para o Called to Communion

Tradução de João Marcos – Associação São Próspero

UMA VEZ OUVI um pastor pregar um sermão sobre “História da Igreja”. Ele começou com Cristo e os Apóstolos, passou pelo livro dos Atos, saltou da Idade Média católica diretamente para a Reforma Protestante em 1517. De Lutero, ele foi até o avivalista britânico John Wesley, atravessou o Atlântico com os avivalistas americanos até chegar à sua própria igreja, em Birmingham, Alabama, no início dos anos 1990. Aplausos e louvores sucederam sua pregação. A congregação amou.
Eu também amei a pregação. Cresci numa igreja evangélica nos anos 1970, imerso no mito da Reforma. Eu tinha certeza que minha igreja pregava o Evangelho, que ela recebeu inalterado dos Reformadores. Depois da faculdade, obtive um doutorado em História da Igreja, o que me permitiu provar aos pobres católicos que eles estavam na Igreja errada.

Nunca pensei que o meu próprio fundador, o Reformador João Calvino, me levaria à …